Seja bem vindo ao meu mundo de idas e vindas.
E que você venha e vá, mas volte sempre!

Passaram por aqui

terça-feira, 30 de março de 2010

A rosa de Hiroshima


Pensem nas crianças, mudas, telepáticas.
Pensem nas meninas, cegas, inexatas.
Pensem nas mulheres, rotas alteradas.
Pensem nas feridas como rosas cálidas.
Mas, oh, não se esqueçam da rosa, da rosa,
da Rosa de Hiroshima, a rosa hereditária,
a rosa radioativa, estúpida e inválida;
a rosa com cirrose, a anti-rosa atômica,
sem cor, nem perfume, sem rosa, sem nada.

Sempre que ouço essa música eu choro. Choro em pensar na inspiração, desta vez não feliz. Penso no que houve e não consigo acreditar que isso aconteceu de verdade, aqui, nesse mundo.
Os seres humanos chegam a cada atitude estúpida e insensível que dói pensar que sou um deles.
Qual a motivação? Qual é o preço de uma vida? Uma vida é pagável? Vale tão pouco assim a ponto de não pensar em se colocar no lugar dos outros? Quantas pessoas - mulheres que nunca foram mães, homens que nunca foram pais, crianças que tinham toda uma vida pela frente, idosos que não podiam correr para fugir, animais indefesos, bebês mais indefesos ainda...
Gente? Que gente? Quem faz isso é ser humano? Então não quero ser um. Serei borboleta. Humana JAMAIS!

A razão e o por que

Sonho. Quem não o tem? Medo. Quem não o sente?
Onde se chega sem os sonhos? Quando os alcança sem esforço?
É essa minha motivação... meu sonho. Não me imagino fazendo outra coisa, nem outra maneira de alcançar meu destino senão com dedicação e sacrifício. A gente sempre tem que abrir mão de algo a cada escolha que fazemos. Não. Não há arrependimento, porque é uma causa justa. É minha vida, meu sonho, minha realização e meu desejo. É o que quero para mim.
Sonho sempre é bom, alcançado é melhor ainda. E é onde quero chegar. 
Medicina é o sonho de muita gente... Para outros é apenas um ideal, uma idealização financeira... Para outros, como eu, a Medicina é o destino. Simples assim.
Não ligo mais para as minhas 8 horas de sono, nem para as tardes livres, nem para os finais de semana de agito. Minha vida é o estudo, o esforço, a dedicação, o cansaço... É a minha vida. É o que eu quero para mim até o fim. Salvar vidas exige muito mais do que boa vontade. É amor, paixão, carinho, compreensão, dedicação e muito, mas muito estudo.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Amizade e o tempo (ou a falta dele)


"Eu sempre vou estar ao seu lado, mesmo quando tudo parecer errado".
Essa frase diz muito para mim e sobre mim também.
Isso é o que faço, isso é o que espero.
A falta de tempo e a distância podem dificultar, mas tudo aquilo que é sincero permanece intacto aos imprevistos que a vida coloca em nossa frente.
"Se a amizade for verdadeira, Deus não vai deixar de acabar." (Pimentas do Reino) 
E é pensando assim que me conforto, me conformo e agradeço.

domingo, 21 de março de 2010

Hey, you... SMILE =)

Para alguns a vida é difícil, enquanto outros levam a vida numa boa. E todos os dias ouvimos alguém reclamar... Reclamar que a vida está isso, aquilo... E quem são essas pessoas? São as que tem tudo. Dinheiro, casa, comida boa, roupas de marca, esteve em boas escolas e tem todas as oportunidades. Reclamam porque têm demais!
O problema do mundo é a desiguladade. Alguns têm muito enquanto muitos não têm NADA! Mas será que eles realmente não possuem nada?
Eles podem não ter as regalias luxuosas, mas levam a vida felizes com o que têm. Eles tem a gratidão, a alegria e a vontade de viver que falta nas pessoas reclamonas.
O dinheiro realmente traz a felicidade? Ser feliz precisa de muito mais do que dinheiro, porque é mais fácil encontrar um triste em uma mansão do que um feliz em algum lugar qualquer, e que se sente assim simplesmente por ser grato por estar vivo.
Reclame menos, viva mais, agradeça mais e sorria mais.

sábado, 13 de março de 2010

Quem eu sou

Muitas pessoas não sabem quem realmente são. A maioria das pessoas pensa que sabe, mas a única coisa que sabem é que seu sobrenome as distinguem. Algumas pessoas simplesmente sabem ser alguém. Sabem ser popular, sabem ser temidas, perfeitas, admiradas, notadas, invejadas. Há também aquelas pessoas que nem procuram a si mesmas, pelo contrário, são de si que elas fogem. Porque sabem exatamente o que encontrariam. Essas fingem não saber, mas seu reflexo está ali o tempo todo. E é por ignorar esse fato que não podem ver o que está bem à sua frente. Mas, existem as pessoas - e esse é o grupo mais restrito de todos - que simplesmente sabem quem são. Esses... Bom, esses enxergam o mundo com perfeita nitidez, pois sabem enxergar a si mesmos.

quinta-feira, 11 de março de 2010


Caçador de mim - Milton Nascimento
Por tanto amor
Por tanta emoção
A vida me fez assim
Doce ou atroz
Manso ou feroz
Eu, caçador de mim
Preso a canções
Entregue a paixões
Que nunca tiveram fim
Vou me encontrar
Longe do meu lugar
Eu, caçador de mim
Nada a temer senão o correr da luta
Nada a fazer senão esquecer o medo
Abrir o peito a força, numa procura
Fugir às armadilhas da mata escura
Longe se vai
Sonhando demais
Mas onde se chega assim
Vou descobrir
O que me faz sentir
Eu, caçador de mim

domingo, 7 de março de 2010

Silence.

Pessoas como eu - comunicativas, falantes - tem uma certa dificuldade em calar-se quando ouvem desaforos ou injustiças. Mas muitas são as vezes em que é o que devemos fazer: calar-nos.
Em certos momentos de raiva, pessoas dizem coisas sem pensar e magoam as outras. Geralmente o nervosismo não as permite ouvir e, se ouvem e percebem o exagero ou o erro, não voltam atrás. E é aí que entra o silêncio. Precisamos perceber que a gente tem que se calar em certos momentos para evitar problemas, ou desgaste ou mais mágoa.
Claro que não podemos simplesmente concordar com tudo. Devemos expor nossas opiniões, mas na hora certa e se valer a pena. Certas brigas não merecem ser compradas.
Pode parecer sem pé nem cabeça, mas pra mim faz muito sentido. Tomara que faça pra você também, e que quando isso acontecer na sua vida, você já sabe o que fazer...

sábado, 6 de março de 2010

Quando eu passar no vestibular...

Ah... Quando eu passar no vestibular...
Eu vou chegar em casa, quebrar a TV e gritar "NINGUÉM RECLAMA, QUEM MANDA AQUI SOU EU!"
Eu vou sair pelo Nordeste viajando por todas as praias e surfando até em poça de lama, mesmo que não seja capaz de ficar de pé em uma.

Vou gritar da janela, do shopping, no meio do cinema e em qualquer outro lugar: "PASSEI, PORRA".
Eu vou aprender Alemão, Italiano e Russo.
Eu vou aprender tocar violão, baixo, piano, gaita e saxofone.
Eu vou dormir tarde e acordar tarde, dormir cedo e acordar tarde, não dormir e passar três dias acordado.
Eu vou beber dois barris de chopp, três garrafas de vinho, um engradado de cerveja e 2 litros do uísque mais caro do super-mercado. E mais 10 garrafas de Champagne e me entupir de batidas e caipirinhas.
Eu vou fazer uma camisa com letras garrafais "EU SOU FODA" e usá-la quando for mandar cada um que disse que eu não passaria "tomar no cu"!
Se alguém vier falar comigo com grosseria ou me olhar feio eu vou dizer: "Você sabe com quem você tá falando? EU PASSEI NO VESTIBULAR!"
Vou comprar um fusca rosa e rodar o mundo com ele. Depois, me mudo para um trailer e viajo mais um pouco. E ainda roubo um New Beattle e um Audi TT.

Vou poder esfregar na cara das pessoas que diziam que todo aquele esforço era desnecessário e que a falta de sono era exagero.
Ah, quando eu passar no vestibular...

Arquivo do blog